Blog Artenata | Post

Um blog dedicado à arte, ao artesanato e à cultura popular brasileira.
14 March 2015

Artesanato Brasileiro | Berimbau

O artesanato em alpaca faz parte da cultura popular baiana. Geralmente, com esse material, são feitas as pencas de balangandãs – adereços usados pelas negras na época do Brasil Colônia. Entretanto, outros objetos típicos da Bahia também podem ser confeccionados, como este berimbau.

O berimbau é um instrumento musical de corda, que, como outros instrumentos utilizados em manifestações afros, foi trazido pelos escravos ao Brasil. Foi incorporado a capoeira de tal forma que hoje é considerado um sinônimo dessa dança/luta acrobática e não se admite um jogo ou uma roda sem a sua presença.

Preservado na Bahia até o presente, o berimbau sempre foi um souvenir típico do estado, vendido aos turistas muito mais como adorno que como instrumento – colorido e enfeitado, bem diferente daquele que os capoeiristas utilizam.

O berimbau é considerado um tipo de percussão sofisticada, pois para tocá-lo é preciso dominar sete componentes:

1- Baqueta
A vareta de madeira, que mede entre 30 e 40 cm, é batida contra a corda para emitir o som.

2- Dobrão
Normalmente é uma moeda velha ou uma pedra. Ela é segurada entre o polegar e o indicador da mão esquerda e faz variar as notas emitidas pelo berimbau, dependendo da pressão que faz na corda.

3- Cabaça
O fruto seco e limpo da cabaceira (árvore comum no norte do Brasil) tem o formato de uma cuia e funciona como caixa de ressonância.

4- Verga
O arco, com cerca de 1,60 m de comprimento, é feito geralmente do caule de um arbusto chamado biriba, comum no Nordeste.

5- Corda
O fio de arame de aço bem esticado costuma ser arrancado de pneus.

6- Amarração da cabaça
O barbante que prende a cabaça à verga ajuda a passar para ela o som emitido pela corda.

7- Caxixi
O pequeno chocalho (com pedrinhas, sementes ou búzios) reforça a marcação do ritmo.

//

The craftwork in alpaca is a part of the Bahian popular culture. Generally, with this material, are made the “pencas de balangandãs” – props used by slaves at the colonial time in Brazil. However, other typical objects of Bahia can also be made, as this berimbau.

The berimbau is a stringed musical instrument, which, like other instruments used in Afro manifestations, was brought by slaves to Brazil. It was incorporated to Capoeira and today is considered a synonym of this dance/acrobatic fight at the point that it’s impossible to admit a game without it.

Preserved in Bahia till the present, the berimbau has always been a typical souvenir of the state, sold more as an ornament to the tourists – colorful and decorated – quite different from the ones used by the capoeiristas.

The berimbau is considered a type of sophisticated percussion, because to learn how to play it is necessary to control seven components:

1- Stick
The stick, which is between 30 and 40 cm, is struck against the string to make it sound.

2- “Dobrão”
It is usually an old coin or a stone. It is held between the thumb and the left hand indicator of the player and varies the musical notes emitted by the berimbau, depending on the pressure that it makes on the rope.

3- “Cabaça”
The clean, dry fruit of the calabash (common tree in northern Brazil) is shaped like a bowl and acts as a sounding board.

4- “Verga”
The arch, with about 1,60m in length, is usually made from the stalk of a bush called “biriba”, common in the Northeast of the country.

5- Rope
The steel wire really taut that’s usually torn from tires.

6- “Amarração da Cabaça”
The string that holds the “cabaça” to the “verga” helps to pass her the sound from the rope.

7- “Caxixi”
The small rattle (with stones, seeds or shells) reinforces marking of the rhythm.

Leave a Reply